JANOT VAZOU DELAÇÃO NA VENEZUELA SEGUNDO ODEBRECHT


 Os advogados da empreiteira Odebrecht entraram com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) acusando o ex-procurador geral da república Rodrigo Janot de ter vazado partes da delação premiada do grupo para a ex-procuradora da Venezuela Luisa Ortega Diaz. Janot se encontrou com Ortega no mês de Agosto desse ano, e teria entregue vídeos comprometedores ao presidente Nicolas Maduro, rival de Luisa Ortega desde que ela desembarcou do governo. Maduro teria recebido 25 milhões de dólares de propina da empreiteira durante as eleições de 2013. Confira mais no vídeo.

Comentários